BALBÚRDIA NO MEC: presidente do Inep, responsável pelo Enem, é demitido em menos de um mês


BALBÚRDIA NO MEC: presidente do Inep, responsável pelo Enem, é demitido em menos de um mês


Data: 16/05/2019

Com menos de 20 dias no cargo, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), delegado Elmer Vicenzi, foi demitido. A exoneração será publicada no Diário Oficial da União.

Vicenzi é o segundo chefe do órgão a ser demitido em cinco meses do governo Bolsonaro. Antes dele, Marcus Vinicius Rodrigues foi demitido em março deste ano, assim que o atual ministro Abraham Weintraub assumiu o ministério. 

Vale lembrar que o órgão é responsável pela confecção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), Vicenzi pediu para sair sem detalhar os motivos.

No entanto, interlocutores afirmam que ele acabou responsabilizado pelo número errado, de R$ 500 mil e não o valor correto, de R$ 500 milhões, do custo da avaliação do ensino básico anunciado em coletiva de imprensa por Weintraub. Recente rixa com a Consultoria Jurídica do Inep também pesou na demissão.

De acordo com “O Globo”, Vicenzi causou mal-estar entre os servidores do Inep nos primeiros dias na autarquia, ao separar um elevador para ficar exclusivo para a presidência, hábito depois abandonado. O então presidente, que é delegado da Polícia Federal, também teria provocado incômodo nos integrantes da equipe ao andar armado. Ele foi nomeado pelo atual ministro da educação Abraham Weintraub e tomou posse em 29 de abril.

Fonte: site radardabahia.com.br