Membros de facções criminosas se enfrentam em Valéria e policiamento é reforçado no bairro


Membros de facções criminosas se enfrentam em Valéria e policiamento é reforçado no bairro


Data: 19/01/2022

O caaso é muito sério, é de politica e envolvimento com vários setores da sociedade, está se combatendo só os efeitos, deve-se procurar o motivo de tantas mortes, agressões generalizadas e responsabilizar as politicas públicas; fazer valer o verdadeiro direito pra quem tem direito, veja o que fala o site Bnews sobre estas ocorrências no bairro de valéria...

"Membros de facções criminosas rivais se enfrentaram, na noite de terça-feira (18), em Valéria, e deixaram moradores aterrorizados. Armados com fuzis, metralhadoras e pistolas, os bandidos disputavam o tráfico de drogas na região conhecida como Penacho Verde.

Policiais militares da 31ª CIPM foram acionados e conseguiram interromper a troca de tiros. Para garantir que não haja novos confrontos, o policiamento foi reforçado no bairro.

Segundo o Balanço Geral, somente nesta quarta-feira (19), 15 guarnições estão espalhadas por Valéria, sendo quatro focadas somente no Penacho Verde. Além disso, casas estão sendo monitoradas pela polícia e há abordagens sendo realizadas nas ruas do bairro.

Leia mais:

Mulher é encontrada morta em casa e família suspeita de feminicídio

Van com pacientes do interior bate em poste e passageiros ficam feridos

“Os marginais tentam causar terror, mas estamos sempre atentos para fazer o enfrentamento e deixar a população tranquila. A população tem que confiar na Polícia Militar. Estamos prontos para fazer o enfrentamento”, destacou o major Batalha, responsável pela 31ª CIPM.

Ele acrescentou que Valéria tem muitos becos e entradas e existem criminosos infiltrados no meio da população. “A questão não é só os marginais que estão aqui, é a facilidade da entrada e saída do bairro. A mata é circunvizinha e facilita a fuga”, completou o major.

*Com informações de Bnews

#Membros #de #facções #criminosas #se #enfrentam #em #Valéria #e #policiamento #é #reforçado #no #bairro