Esportes


Instalação de câmeras nos ônibus de Salvador ajuda a reduzir fraudes na gratuidade


Data: 05/08/2017

A instalação de câmeras nos ônibus de Salvador tem ajudado a diminuir fraudes no uso indevido de cartões de gratuidade no transporte público, e consequentemente, minimizado prejuízos. Ao todo, 2,4 mil ônibus coletivos da capital baiana já contam com o novo equipamento.

Quem for flagrado fraudando, ou seja, utilizando de modo irregular, como por exemplo, emprestando o cartão, pode ter o benefício suspenso por até 180 dias. A meia passagem é direito para estudantes e a gratuidade é assegurada para idosos.

A quantidade de câmeras instaladas garante a segurança de 92% da frota, permitindo que a imagem do cidadão seja checada antes dele registrar a  entrada no ônibus, já que a informação é cruzada com um banco de dados do sistema do transporte de Salvador, o SalvadorCard.

Se for constatado o uso indevido do bilhete, o titular tem a suspensão preventiva do benefício por 180 dias. Ele ainda precisará apresentar defesa, no prazo de até 10 dias, a uma comissão criada, exclusivamente, para identificar fraudes no sistema. Desde que os equipamentos começaram a ser utilizados 200 soteropolitanos já ficaram sem o cartão.

De acordo com a prefeitura, apenas em junho deste ano, 30 milhões de pessoas utilizaram ônibus na capital baiana e 24% realizaram as viagens utilizando o bilhete eletrônico indevidamente. O mau uso do benefício, segundo o órgão, causa um prejuízo mensal de R$ 4,2 milhões.

Fonte: Site metro 1