Transporte


Protesto contra o aumento no transporte em SP tem confusão com PM


Data: 12/01/2018

Valor da tarifa subiu de R$ 3,80 para R$ 4,00 no domingo (7). A Polícia Militar acompanha o protesto.

Manifestantes iniciaram no final da tarde desta quinta-feira (11) um protesto nas ruas do Centro de São Paulo contra o reajuste na tarifa do transporte público de São Paulo. O ato foi acompanhado pela Polícia Militar e não teve conflitos até o início da noite..

Por volta de 20h30, houve confusão na estação Brás da CPTM, na região central. Manifestantes invadiram a estação e um policial chegou a ficar ferido, com sangramento no olho. Um grupo tentou pular as catracas e as portas da estação foram fechadas. Um vidro da entrada da estação foi quebrado.

Policiais militares se posicionaram na porta da estação com escudos para impedir a entrada dos manifestantes, que jogaram garrafas contra os PMs. Policiais revidaram com várias bombas de efeito moral, além de efetuarem disparos de balas de borracha. Os manifestantes acabaram se dispersando pouco antes das 21h.

A manifestação foi organizada pelo Movimento Passe Livre após aumento no valor da tarifade ônibus de R$ 3,80 para R$ 4,00 no último domingo (7).

Os manifestantes começaram o ato em frente ao Theatro Municipal e saíram em caminhada, passando na frente da sede da Prefeitura, pela rua Líbero Badaró em direção à Secretaria de Segurança Pública. Em seguida, chegaram à Praça da Sé.

Por volta de 19h30 os manifestantes chegaram ao Parque Dom Pedro. Alguns manifestantes cobriam o rosto com camisetas. A PM não divulgou o número de pessoas presentes no protesto.

Fonte: https://g1.globo.com