Polícia


PF investiga Paulo Guedes, futuro ministro de Bolsonaro, por irregularidades no Fundo de Pensão


Data: 01/12/2018

A Polícia Federal (PF) atendeu ao pedido do Ministério Público Federal (MPF), que havia requisitado o inquérito em outubro, e Paulo Guedes, futuro ministro da Economia do presidente eleito, Jair Bolsonaro, passa a ser alvo de inquérito, que apura se ele cometeu irregularidades na gestão financeira de fundos de investimento.

A defesa de Guedes afirma que ele agiu corretamente em todas as operações envolvendo fundos. "A defesa de Paulo Guedes reafirma a lisura de todas as operações do fundo que, diga-se de passagem, deu lucro aos cotistas, incluindo os Fundos de Pensão. Espera também que a investigação – agora corretamente conduzida no âmbito da Polícia Federal – apure as incoerências do relatório irregular produzido na Previc", afirmou, em nota.
Fonte: Site radardabahia.com.br