Mundo


Suspeito de estuprar e assassinar jornalista búlgara confessa crime


Data: 19/10/2018

Ainda não há nenhum indício de que a motivação tenha a ver com trabalho da vítima

O suspeito de assassinar a jornalista búlgara Viktoria Marinova confessou o crime à mídia do país hoje (19). 

"Eu sou culpado, sinto muito”, Severin Krasimirov, de 20 anos, confessou em frente às câmeras de televisão búlgaras. Único suspeito pelo assassinato, Krasimirov compareceu diante do juiz na cidade de Ruse, após sua fuga na Alemanha.

Antes de ser morta, Marinova realizou várias reportagens sobre corrupção envolvendo grandes personalidades locais. Ainda assim, por enquanto, nada indica que o crime tenha motivações ligadas ao seu trabalho.

De acordo com o relato de Krasimirov, ele e Marinova teriam se encontrado na rua, em seguida, ele teria batido nela e ela teria caído no chão. Krasimirov declara não se lembrar do que aconteceu depois.

Caso -  Viktoria Marinova, jornalista do canal regional TVN, foi encontrada morta, no dia 6 de outubro, espancada, estuprada e desfigurada. Ela é a terceira profissional da área morta na Europa em menos de um ano.

Fonte: Site metro1