Política


PRTB busca partidos resistentes a “chapão” para formar coligação proporcional


Data: 16/05/2018

Com o ex-prefeito de Salvador João Henrique na disputa pelo governo do estado, o PRTB tem conversado com partidos nanicos das bases de Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM) em busca de uma coligação para eleger deputados. Pelo menos é o que garante o presidente da sigla na Bahia, Rogério Tadeu da Luz. 

Em entrevista ao BNews, na manhã desta quarta-feira (16), o político disse que as negociações englobam legendas sem representação na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados e que demonstram resistência em aderir ao “chapão” defendido pelas siglas maiores. Ele, porém, não quis revelar com quais partidos tem dialogado, mas admitiu ter “amizade” com o presidente do PHS na Bahia, Júnior Muniz, que já ameaçou deixar a base de Neto caso o “chapão” fosse imposto. 

Além do PHS, o PPS e o PV perderam seus parlamentares durante a janela partidária. Em relação ao grupo de Rui, o PSL e o Pros também ficaram “zerados”. 

Da Luz lembrou que, a partir de 2020, as coligações para eleições proporcionais não serão permitidas, o que desfavorece as siglas pequenas. Segundo ele, “os partidos maiores, envolvidos em vários escândalos,  fizeram a reforma política em detrimento dos partidos menores, que não estão envolvidos em nada”. 

Fonte: Bocaonews.com.br