Esportes


Em jogo com duas viradas e vaias contra Guto, Bahia goleia o Altos por 5 a 2


Data: 21/03/2018

O Bahia recebeu a equipe do Altos-PI, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, em partida na Arena Fonte Nova. Com a necessidade de vencer, o tricolor queria pontuar bem para encostar no líder Botafogo-PB. No entanto, o time voltou a jogar mal, chegou a ser vaiado, mas conseguiu arrancar uma virada de 5 a 2.

Com o resultado, o Esquadrão chegou a 9 pontos, atrás apenas do Botafogo-PB, que tem a mesma pontuação, mas supera nos critérios de desempate. Os gols foram marcados pelo zagueiro Tiago, o atacante Edigar Junio (duas vezes), o meia Vinícius e o meia-atacante Zé Rafael. Joélson, camisa 19 do Altos, marcou o gol de empate para o adversário e Tiago fez o segundo tento do adversário contra o próprio patrimônio.

No encerramento da fase de grupos, o tricolor vai até a Paraíba para decidir a vaga contra o Botafogo-PB, com a necessidade de vencer para avançar de fase. A partida está marcada para o dia 29 de março (quinta-feira), no Almeidão.

A história do jogo O time comandado pelo técnico Guto Ferreira teve um dia recheado de emoções nesta terça-feira. Em plena Fonte Nova e pressionado para fazer uma boa apresentação, o Esquadrão de Aço bateu cabeça no primeiro tempo e chegou a dar chances para o time do Piauí abrir o placar.

O goleiro Gideão pouco foi exigido pelo ataque tricolor, que viveu um início de jogo sem inspiração. Por outro lado, o goleiro do Bahia salvou o time em pelo menos duas oportunidades de perigo do oponente.

No segundo tempo, finalmente a rede balançou. Aos sete minutos, Tiago subiu e cabeceou após cobrança de escanteio de Vinícius. Gideão saiu mal, não acertou ao tentar afastar o lance e a bola bateu nas costas do arqueiro antes de ir parar no gol. A alegria tricolor não durou muito. Dois minutos depois, Marconi achou Joélson na área e o atacante bateu com estilo, sem chances para o goleiro do Esquadrão.

Quando a torcida perdeu a paciência com o técnico Guto Ferreira, logo a equipe piauiense virou o jogo, após gol contra de Tiago. O zagueiro cortou mal e a bola morreu no fundo do barbante. Depois de muitas vaias, finalmente a torcida pulou de felicidade. Edigar Junio foi o dono da noite e marcou os dois gols da virada. O primeiro foi de cabeça, em cobrança de escanteio de Vinícius, e o segundo logo em seguida, depois de uma triangulação do ataque e assistência de Zé Rafael.

Com a vitória já consagrada, o meia Vinícius chegou ao quarto depois de tocar na saída do goleiro do Altos. O último gol do jogo saiu dos pés de Zé Rafael. Em belo chute de fora da área que encobriu o goleiro Gideão, o meia deu números finais ao placar e não deixou nem o goleiro adversário sair na foto.

Fonte: Site metro1